Buscar
  • Equipe Odontolopediatra Dra. Eliane Garcia |

Saiba porque gestantes e crianças não devem suplementar o flúor.


Antigamente, era possível encontrar em farmácia flúor especificamente voltadas para mulheres grávidas. Na época, cerca de 50 anos atrás, havia a alegação, principalmente por parte da indústria farmacêutica, que o flúor, quando tomado durante a gravidez, ajudaria a manter os bebês sem cáries.

Porém, em 1966, o FDA (Food and Drug Administration) proibiram que s fabricantes de flúor alegassem que havia um benefício comprovado para os dentes dos bebês não nascidos, pois não havia evidência para sustentar essa teoria.

De lá pra cá, foi possível, através de estudos clínicos, comprovar que a suplementação de flúor pela gestante não influencia na saúde bucal do bebê.

O estudo foi feito com 1400 gestantes e dividiu-as em dois grupos. Um grupo recebeu 1mg de flúor por dia durante os últimos seis meses de gravidez enquanto o outro recebeu um placebo. Assim que nasceram, os bebês foram acompanhados até a idade de 5 anos. A conclusão é que não foi observada diferença significativa na quantidade de cáries entre os dois grupos. Embora o flúor cruze a placenta, a prescrição de suplementos de flúor para mulheres grávidas não é recomendada porque não há evidência de que o flúor fornecido à mãe durante a gravidez reduz a prevalência de cárie no bebê. Além disso, não há estudos que comprovem que, ao contrário, o suplemento de flúor não seja prejudicial, causando até mesmo fluorose dental precoce no bebê.

Outros fatores, porém, são comprovadamente benéficos, como a manutenção da saúde bucal da gestante através do acompanhamento durante toda a gravidez. Da mesma forma, o acompanhamento do bebê desde que ele nasce.

Portanto, mulheres grávidas não devem usar suplementos de flúor, muito menos crianças, já que não há qualquer benefício em ingerir flúor a mais do que já ingerimos.

É importante salientar que estamos falando de suplementação, ou seja, a ingestão de doses extras de flúor, além daqueles que já ingerimos, como o flúor encontrado na água e outras fontes naturais. Da mesma forma, a escovação deve ser feita apenas com pasta fluoretada, até mesmo nos primeiros dentinhos dos bebês, como tratamos NO ARTIGO DESTE LINK.

FICA A DICA

- Gestantes e crianças não devem suplementar o flúor. - Pastas devem ser utilizadas com flúor, obedecendo a quantidade, frequência e concentração para cada faixa etária. - A saúde bucal do feto é garantido pela boca saúde bucal de mãe, através de uma boa higiene e de uma alimentação saudável. - A ingestão do flúor contido na água não é prejudicial à saúde.

#suplementaçãodefluor #flúor #suplementação #gravidez #gestante #cuidados

157 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo