Buscar
  • Equipe Odontopediatria Dra. Eliane Garcia !

Dicas importantes para o sucesso da amamentação


Todos sabemos que o leite materno é o melhor alimento para o recém-nascido. Apesar disso, há uma enorme “pressão” da indústria para que as mães optem por produtos que “facilitem” sua jornada.

amamentação

Entendemos que o começo não é fácil para muitas mães, algumas questões podem realmente dificultar o processo. Mas informação de qualidade é uma arma poderosa para combater crenças e conteúdos sem embasamento ou mal intencionados. Por isso, separamos algumas dicas para ajudar as mães a terem sucesso durante a amamentação.

CONHEÇA O BEBÊ

O bebê irá chorar, mesmo que você esteja fazendo a coisa certa. Por isso, não se desespere. Procure entender a necessidade que o bebê está tentando transmitir: fome, sono, calor, frio, dor, medo. Aos poucos você irá conseguir traduzir. Até lá, deixe que ele ouça sua voz e sinta seu carinho, muitas vezes, tudo o que ele precisa é de um contato bem próximo. Falando ainda de necessidade, bebês gostam e precisam de colo. Além de fortalecer o vínculo, estar com o bebê no colo envia ao cérebro estímulos para viabilizar a produção de leite. Permita-se acolher seu bebê antes que ele se desespere: o colo é o lugar dele.

ENTENDA A SUCÇÃO

O bebê conhece o mundo primeiro pela boca, o reflexo de sucção é nato no bebê e é vital para sua sobrevivência. Quanto mais o bebê suga, mais leite é produzido.

Para conseguir fazer a sucção, o bebê realiza a pega, que é o jeito que o bebê suga o peito. Porém, o uso de acessórios como chupetas e mamadeiras prejudicam a pega e a sucção. E portanto, a produção de leite e a amamentação como um todo. Por isso, procure orientação profissional antes de oferecer estes itens ao bebê.

ALIMENTE-SE E HIDRATE-SE

Mães precisam se manter saudáveis, ingerindo líquidos e alimentos de boa qualidade. Quanto melhor e mais variada a alimentação, melhor a qualidade e mais rico é o leite.

DESCANSE

Mães cansadas dificilmente conseguem superar as dificuldades e entender os motivos pelos quais o bebê chora. Por isso, enquanto o bebê dorme, aproveite para descansar.

REDES DE APOIO

É importante ter com quem dividir as tarefas que não competem só a mãe. Um companheiro ou familiares que a compreendam e a apoiem são fundamentais. Além disso, conhecer outras mães que amamentam e ser acolhida pode dar uma deliciosa sensação de que tem mais gente no mesmo barco. A troca de experiências presencial ou mesmo virtual pode ser consoladora. Procure rodas de gestantes e busque eventos de bebês na sua cidade.

PROCURE UM PROFISSIONAL

Procure um profissional de saúde que se preocupe em observar o bebê e a mãe, a pega, o vínculo, a saúde e o bem-estar materno, ou seja, tenha uma visão ampla de todos os aspectos da amamentação, podendo identificar possíveis entreves. A falta de informação adequada faz com que muitas mães recorram a recursos desnecessários e até mesmo prejudiciais, sem que elas tenham noção disso. Por isso, refletir e buscar ajuda de um profissional comprometido, quando há dificuldades no processo de amamentação, é tão importante. O profissional saberá indicar os recursos disponíveis somente nos casos realmente necessários. De qualquer forma, mães precisam de mais apoio e menos julgamento.

<3

#amamentação

63 visualizações0 comentário