Buscar
  • Equipe Dra. Eliane Garcia

VOLTA ÀS AULAS: COMO ORIENTAR A HIGIENIZAÇÃO BUCAL NA ESCOLA



Crianças que estudam no período integral precisam realizar a higiene bucal na escola, após a refeição principal, que é o almoço.


Crianças menores de 10 anos devem ser acompanhadas na escovação para que seja feita da forma correta, mas sabemos que, fora de casa, nem sempre isso é possível.


Aqui, vamos abordar orientações para crianças de 6 a 10 anos. Para crianças menores, é imprescindível a presença de um responsável.


Portanto, em primeiro lugar, é preciso que a criança saiba, de fato, escovar os dentes e usar o fio dental. É esperado que a criança tenha recebido orientações da correta técnica de escovação de um Odontopediatra, isso é fundamental.


Sendo assim, cabem aos pais orientar a criança em casa em relação à importância da higienização bucal, encorajando a criança e dando autonomia a mesma, ou seja, os pais devem acompanhar, porém sem escovar o dente para a criança, mas é importante que os responsáveis façam uma finalização na higienização até os 10 anos, principalmente no uso do fio dental.


Fazer a criança participar da escolha de seu kit (a bolsa, a escova, a pasta, a toalhinha etc.) também é um incentivo importante. Vale lembrar que a escova deve ser macia e ter a cabeça pequena, a pasta deve ter entre 1100 e 1450 ppm, a toalhinha deve ser trocada todos os dias (uma dica é providenciar 5 toalhas de boca, usar uma por dia e lavar todas juntas, deixando prontas para a próxima semana).


Além disso, demonstrar orgulho pelos feitos da criança é algo considerável! Deixar bilhetinhos carinhosos na bolsa da criança, elogiando os cuidados, é empolgante e faz com que a criança sinta que o que ela faz é importante.


Já em casa, os pais devem manter a higienização junto à criança, principalmente de crianças por volta dos 6 anos, uma fase em que ela já demonstra querer independência, porém, com o nascimento dos primeiros molares permanentes, é preciso redobrar a atenção. Esse acompanhamento dos pais, auxiliando a escovação, deve seguir até por volta dos 10 anos.


Por fim, é preciso que os pais fiscalizem! Na escovação anterior ao sono, os pais devem aproveitar para fazer uma vistoria e checar se há algo que evidencie uma má escovação. É claro que os pais não têm conhecimento para identificar uma cárie (até porque “buraco” no dente é uma cárie em estado avançado! Sua apresentação inicial é somente detectada pelo profissional, sobre condições ideais, como a iluminação do consultório etc.), porém é facilmente detectável restos de alimentos entre os dentes ou mesmo uma gengiva inflamada.


Caso fique evidente que a criança não está executando uma boa escovação, o ideal é orientar novamente, de forma lúdica e carinhosa, mostrando à criança os perigos de uma má higiene bucal, além de marcar uma consulta com um Odontopediatra experiente.


#voltaasaulas #voltaaulas #aulas #escola #escovacao #escovardentesnaescola #higienizacao


29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo