Buscar
  • Equipe Odontolopediatra Dra. Eliane Garcia |

OS REFRIGERANTES E OS DANOS NA SAÚDE BUCAL


Atualmente, o refrigerante é considerado uma das maiores fontes causadoras da cárie, isto porque seu consumo é amplo e generalizado. Ao contrário de que muitas pessoas pensam, o açúcar presente nessas bebidas não é o único vilão, há ainda ácidos e outros produtos que fazem parte de sua composição e contribuem para a desmineralização do esmalte do dente, que, por sua vez, aumentam os riscos da formação da cárie e ainda de outros problemas bucais.

Pesquisas internacionais mostram que é cada vez maior o consumo de refrigerantes por crianças e adolescentes. Para se ter uma ideia, em uma década o aumento do consumo saltou de 180ml para 570ml, considerando uma média diária.

O grande problema em se consumir refrigerante em idades tenras é o efeito cumulativo que os ácidos provocam no esmalte dental, representando um risco para a formação da dentição permanente. Vale lembrar que os riscos do consumo de refrigerantes vão muito além da saúde bucal.

MINIMIZANDO OS PROBLEMAS

O ideal é adiar ao máximo a oferta de refrigerantes para as crianças, quanto mais tempo demorar para ela experimentar a bebida (não só refrigerantes, mas qualquer bebida muito açucarada, principalmente as industrializadas), menos provável que ela desenvolva um paladar propício ao consumo da mesma. Crianças que não tem o hábito de consumir refrigerantes se satisfazem com nada ou muito pouco da bebida.

Sabemos que não é fácil controlar toda a alimentação da criança, principalmente em situações esporádicas, como festinhas de aniversários. O consumo moderado, aliado à uma boa higiene bucal e visitas regulares ao odontopediatra, será capaz de praticamente neutralizar os efeitos negativos do consumo da bebida.

É importante salientar que bebidas do tipo “light” ou “diet” até são menos prejudiciais, por não terem açúcar ou terem uma quantidade menor, porém, ainda assim existe os ácidos e também adoçantes industrializados, corantes e etc. Por isso, seu uso também deve ser evitado.

FICA A DICA

- Substitua o refrigerante por sucos naturais sem adição de açúcar ou mesmo por água; - Faça a criança enxaguar a boca após o consumo de refrigerante, diminuindo a ação dos ácidos no esmalte do dente; - Use creme dental com flúor; - Visite o odontopediatra regularmente.

#refrigerante

52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo