Buscar
  • Equipe Odontolopediatra Dra. Eliane Garcia |

COPO COM BICO, PODE OU NÃO?


A maioria dos problemas bucais tem origem nos primeiros anos de vida. Entre os maiores vilões estão o uso de chupetas, mamadeiras e copos de transição.

Uma das formas de garantir a melhor saúde bucal é a amamentação. O aleitamento materno é a melhor opção para favorecer a sucção, além de ser importante para o desenvolvimento muscular e ósseo do rosto do bebê, pois a criança aprende a respirar pelo nariz e a posicionar a língua corretamente.

A partir dos 6 meses, a criança já está apta a utilizar o copo normal para beber água, leite materno ou mesmo o leite artificial (se for o caso). Por motivos práticos ou ainda pessoais, alguns pais optar pelo copo de transição ou mesmo pela mamadeira ao invés do copo normal, sem tampa.

COMO O COPO DE TRANSIÇÃO PREJUDICA O BOM DESENVOLVIMENTO?

Muitos acreditam que o copo de transição, aquele com bico – rígido ou macio – é menos prejudicial que a mamadeira, mas não é verdade, ambos são tão prejudiciais quanto. O uso destes bicos, seja do copo ou da mamadeira, compromete o desenvolvimento da musculatura e dos ossos da face, comprometendo a saúde bucal, a respiração e até mesmo a fala.

Para um crescimento ideal, é preciso um desenvolvimento adequado da respiração, mastigação e deglutição. O mal desenvolvimento das arcadas dentárias, provocado pelo uso de bicos artificiais, prejudica todas essas funções e, portanto, a atuação preventiva do ortodontista é recomendável exatamente no período em que o crescimento ósseo está ocorrendo.

Apesar de todas as recomendações, cada criança tem um tempo de aprendizado. Pode ser que uma criança exija mais tempo para aprender a movimentar o copo da forma correta, conseguindo ingerir o líquido. Nestes casos, é preciso paciência e auxílio dos pais.

ALTERNATIVAS MENOS PREJUDICIAIS

Caso a criança não se adapte com o copo depois de um tempo e persistência dos pais, uma alternativa menos prejudicial é o copo com canudo e/ou o uso de garrafinhas, destas do tipo esportivas. Gradativamente, vá oferecendo o copo e deixando a garrafinha para ocasiões específicas, até a criança se acostumar completamente com o copo. Incentive a criança com bons exemplos, elogios e disciplina positiva.

#copocombico #copodetransição #mamadeira #bico #chupeta #saúdebucal #desenvolvimento

1,629 visualizações0 comentário