Buscar
  • Equipe Odontopediatria Dra. Eliane Garcia !

O PRIMEIRO MOLAR PERMANENTE: UM DENTE PRA LÁ DE IMPORTANTE!

Atualizado: 30 de Dez de 2020


O primeiro molar permanente nasce sem que nenhum dentinho de leite caia em seu lugar, por isso, muitos pais acham que é mais um dente de leite e não um dente permanente. O nascimento deste dente é um marco, significa que a criança está crescendo e desenvolvendo muito, e rapidamente neste momento.

Por ser um dente relativamente grande em uma boquinha ainda em desenvolvimento, sua erupção pode trazer desconforto e até um tipo de gengivite específica, requerendo cuidados preventivos e algumas vezes curativos.

Com a chegada do molar permanente, e/ou dos incisivos inferiores, se inicia a fase de dentição mista. Esta fase irá perdurar até a troca de todos os dentes de leite, por volta dos 13 anos.

O primeiro molar permanente é um dente que serve como guia para todo o desenvolvimento da oclusão. Por isso, a dentição decídua (de leite) precisa estar saudável e posicionada corretamente.

O primeiro molar permanente também é peça fundamental para a mastigação, essencial para todo desenvolvimento da face da criança, tanto ósseo como muscular. Viu só como ele é importante?

CUIDADOS

Os primeiros molares permanentes são frequentemente acometidos por lesões de cárie, necessitando assim de tratamento imediato. Isto porque ele nasce em uma fase em que as crianças já estão mais independentes, mas ainda não possuem coordenação motora para a correta escovação, além de não terem maturidade para compreender a importância da higiene bucal. Por isso, a participação dos pais é indispensável. Além de ajudar na escovação em si, e também no uso do fio dental, os pais devem conscientizar as crianças através da conversa e do acompanhamento periódico com o Odontopediatra.

Para se ter uma ideia, há casos em que a criança precisa de canal ou mesmo chega a perder o dente permanente aos 7-10anos. Estudos mostram que a perda desse dente tão importante implica na diminuição da função mastigatória, migração dos dentes vizinhos e distúrbios na articulação têmporo-mandibular.

Um bom aliado à higiene bucal e ao controle da dieta, é o uso de selantes, indicados para esses dentes que são bem vulneráveis a cárie e ainda, infelizmente, muito acometidos por ela.

FICA A DICA

- A prevenção é o melhor remédio: boa higiene, consultas periódicas de manutenção. - Converse com seu Odontopediatra sobre o uso de selantes

#molar #primeiromolar #primeiromolarpermanente #cuidados #higienizacaoprimeiromolar

323 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo