Buscar
  • Eliane Garcia

Os primeiros cuidados


A atenção odontológica à criança voltada a uma odontologia de promoção de saúde, ainda é um dos nossos grandes desafios, pois sabemos que a grande maioria da população carece de informações preventivas relativas ao aparecimento da doença cárie.

A CÁRIE é definida como uma doença infecciosa, de origem bacteriana e DIETA DEPENDENTE. Portanto, a partir dessa definição, poderíamos evitar grandes prejuízos a saúde bucal das crianças, com orientações à gestante a respeito de um controle de dieta, e principalmente do controle de saúde bucal, tanto em relação a doença cárie, como da doença periodontal, onde através de uma atenção odontológica realizada pelo profissional atento às necessidades preventivas, poderiam já de imediato melhorar a saúde da futura mamãe e consequentemente do bebê.

A partir do momento do nascimento do bebê, o primeiro profissional responsável pelas orientações de saúde é o médico(a) pediatra, dessa forma a interação deste profissional e a odontopediatria torna-se de suma importância; uma vez que a partir desse momento, o pediatra passa dividir as responsabilidades, encaminhando o bebê para uma primeira consulta de orientação, sobre a higienização bucal, como também um exame criterioso verificando toda a normalidade da cavidade bucal, e orientações sobre dúvidas a respeito de mamadeiras, chupeta e outros hábitos que a criança possa vir adquirir após o nascimento, e assim o profissional teria a possibilidade de monitorar todo o crescimento e desenvolvimento da criança.

Outro ponto importante de se observar, é que a relação do odontopediatra com a criança, é mediada pelos pais, resultando sempre numa relação que assume o formato triangular, principalmente quando o paciente é ainda incapaz de verbalizar e por isso mantém dependência estreita da mãe ou responsável, que passa ser a pessoa chave pela manutenção da saúde bucal da criança, a partir do momento que o odontopediatra fez as orientações e o atendimento preventivo. Para que tenhamos resultados positivos no programa de prevenção pré estabelecido pelo dentista, faz-se necessário visitas ao consultório em intervalos periódicos, dependendo da necessidade individual do paciente. A ida precoce ao consultório facilita aos pais o entendimento de uma regra básica: "sujou tem que limpar" . O ideal é que a partir do aparecimento do primeiro dente, a mãe incorpore como hábito de higiene do bebê, a utilização de escova de dente pequena e macia. Pois como sabemos, a escova de dente faz parte de um padrão cultural de higiene facilitando para a mamãe a lembrança da necessidade da higienização. A partir do momento que a coordenação motora da criança se aperfeiçoe, essa responsabilidade pode ser dividida com a criança.

O uso do fio dental, também faz parte do controle de higiene realizado pelos pais diariamente. Nessa fase, a criança passa a assumir a coordenação para esta atividade que ocorre geralmente por volta dos nove anos, dependendo da criança.

Alguns cuidados básicos dever ser observados, como orientação de não engolir o creme dental, cuspir e utilização em quantidade adequada, que deve ser equivalente a uma lentilha. Os cremes dentais contém flúor para prevenção à cárie, e sua ingestão em excesso pode provocar outros males à saúde além de fluorose nos dentes.

Esses são alguns dos cuidados que devem ser praticados para uma perfeita orientação de higienização e evitar a acumulação de placas bacterianas tão prejudicial à saúde e aos dentes.

PARA SE TER SAÚDE E UM BELO SORRISO

A mamãe tem que começar pela sua saúde bucal

Programar visita ao odontopediatra para orientações com relação a amamentação

Atenção especial aos primeiros hábitos são fatores importantes: Chupeta e mamadeira

Iniciar a higienização e a partir do primeiro dentinho incorporar nos hábitos a escova de dente

Incorporar o fio dental desde o início da dentição

Uso cuidadoso e criterioso da pasta de dente – 1100 ppm de flúor, a quantidade é um grão de arroz cru e a frequência de 2 a 3 vez ao dia

PARA LEMBRAR SEMPRE:

CÁRIE NÃO É BURACO NO DENTE;

CÁRIE É DOENÇA BACTERIANA

PREVENIR É SEMPRE O MELHOR CAMINHO

#bebês #primeiroscuidados

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo