Buscar
  • Equipe Odontolopediatra Dra. Eliane Garcia |

Cuidados redobrados na gestação: problemas que começam pela boca


Apesar de todos termos que cuidar muito bem da saúde bucal, as gestantes acabam tendo que redobrar estes cuidados, isto porque alguns dos problemas que se mostram inicialmente pela boca, podem afetar o bebê direta ou indiretamente. Ainda que pesquisas não tenham conseguido ligar certos problemas que afetam os bebês com os problemas de saúde da mãe, portanto prevenir, especialmente as infecções de boca, é o melhor remédio.

O acompanhamento odontológico periódico irá garantir que certas doenças sejam diagnosticadas em seu estágio inicial, podendo ser tratadas imediatamente, tendo consequentemente melhores desfechos.

ENFERMIDADES ASSOCIADAS À SAÚDE BUCAL

Entre aquelas já estudadas estão: partos prematuros, nascimentos de baixo peso, diabetes e doenças cardiovasculares.

PARTO PREMATURO

Gestantes que apresentam doença periodontal (conjunto de condições inflamatórias, de caráter crônico e origem bacteriana) têm mais chances de ter partos prematuros. Pesquisas mostraram que quanto maior a incidência de bactéria, principalmente nos 3 últimos meses de gestação, maior o risco de nascerem bebês antes do tempo e abaixo do peso.

DIABETES

Um dos sintomas que se apresentam na boca no caso de diabetes é o hálito parecido com acetona. O paciente também começa a apresentar inflamações na gengiva, feridas e boca seca. O quadro inflamatório está relacionado às complicações da diabetes, além de colocar em risco a saúde do bebê.

Assim que o profissional detectar os sintomas de diabetes, é preciso realizar exames específicos e começar a tratar a doença em si e os problemas relacionados.

DOENÇAS CARDIOVASCULARES

Pesquisas revelaram que doença cardíacas estão mais presentes em pacientes que sofrem de periodontite. Isto porque a gengiva ferida acaba se tornando porta de entrada para a bactéria migrar da boca para a corrente sanguínea, chegando ao coração e causando a endocardite.

Além dessas doenças citadas, outras tantas podem estar relacionadas à falta de higiene bucal. Portanto, é preciso prevenir.

FICA A DICA

- Consulte seu dentista regularmente e crie hábitos saudáveis nas crianças, fazendo o acompanhamento delas com o odontopediatra de acordo com a periodicidade recomendada para cada faixa etária. - Converse com o odontopediatra sobre os cuidados com a saúde bucal do bebês antes mesmo do parto. Assim, os cuidados serão os melhores desde o início. - Realize a higiene bucal após as principais refeições, sempre fazendo o uso de fio dental. - Redobre os cuidados com a alimentação durante a gestação.

#gestante #cuidados #prevenção #bebês

8 visualizações0 comentário