Buscar
  • Equipe Odontolopediatra Dra. Eliane Garcia |

Fístulas. O que são, como surgem e qual o tratamento adequado.


Dentre as possíveis causas da fístula está o traumatismo dental. No caso de crianças, é a causa mais comum.

Quando a criança sofre alguma acidente doméstico, por exemplo, como cair da cama ou tropeçar durante uma brincadeira, o dente pode ser afetado e com isso ocasionar o surgimento da fístula.

A fístula é um sinal que o local que sofreu o traumatismo e áreas próximas, como gengivas e mucosa, está infeccionado.

Sua aparência é de uma bolha ou de uma protuberância que surgem na gengiva, próximas aos dentes. Existem desde fístulas pequenas até grandes. Seu aspecto pode ser amarelo ou ligeiramente avermelhado.

Existem vários níveis de complexidade da fístula, as mais graves são tratadas cirurgicamente, enquanto as mais simples são tratadas com medicamentos e tratamento do canal ou a remoção do dente. Vale esclarecer que a fístula é uma forma de defesa do organismo, que está lutando contra uma infecção. O organismo possui vários tipos de defesa contra as infecções bucais e quando elas são ineficientes, ocorrem as fístulas, uma última tentativa do organismo se livrar do pus causado pela infecção.

O acompanhamento com o odontopediatra deve ser constante. Infecções não tratadas podem se transformar em problemas ainda mais graves.

Fica a dica:

  • Dê importância aos traumatismo dentários.

  • Consulte seu Odontopediatra.

  • Faça as radiografias solicitadas e siga as orientações recomendadas.

#fístula #tratamento #lesoesbucais

6,622 visualizações0 comentário