Buscar
  • Equipe Odontolopediatra Dra. Eliane Garcia |

QUANDO COMEÇAR A USAR A PASTA COM FLÚOR?


É possível encontrar no mercado, ainda, diversas opções de pastas não fluoretadas que dizem ser indicadas à escovação infantil, principalmente de bebês.

Mas o fato é que já se sabe que a pasta de dente com flúor deve ser utilizada desde o começo da escovação, ou seja, desde que o primeiro dentinho do bebê nasce. Os pais devem ser orientados quanto a quantidade, concentração e frequência do uso da pasta com flúor. Além disso, é preciso constante supervisão de um adulto.

PORQUE O FLÚOR É TÃO IMPORTANTE

O Flúor tem o poder de fortalecer a superfície do dente (esmalte dentário), isso porque ele favorece a formação de cálcio e potássio. O açúcar é o maior vilão da saúde bucal, pois as bactérias presentes na boca quebram suas moléculas, formando ácidos que causam a perda do cálcio. O flúor age de forma inversa, alterando os cristais do esmalte e deixando-os mais resistentes e protegidos.

QUANTIDADES

A concentração de flúor deve ser entre 1.100 e 1.450 ppm (partes por milhão). Pastas com menos flúor não garantem proteção contra as cáries.

  • BEBÊS ATÉ 2 ANOS: quantidade equivalente a 1 grão de arroz cru.

  • CRIANÇAS MAIORES DE 2 ANOS: a quantidade deve ser aumentada gradativamente, chegando a quantidade equivalente a 1 ervilha.

Estes são apenas parâmetros a fim de elucidar maiores dúvidas, porém, é imprescindível consultar um profissional, de preferência um especializado em saúde bucal infantil – o Odontopediatra – para que ele possa fazer as recomendações com exatidão.

FICA A DICA

- Nunca utilize pasta de dente sem flúor, mesmo em bebês. - Utilize a quantidade, frequência e concentração recomendadas. - Monitore a escovação da criança até pelos menos os 10 anos. - A primeira consulta ao odontopediatra deve ocorrer já no primeiro mês de vida do bebê.

#pastadedente #odontopediatra #dentesdosbebês #escovação #escova

340 visualizações0 comentário