Buscar
  • Equipe Odontopediatria Dra. Eliane Garcia |

TÉCNICA DE ESCOVAÇÃO ALIADA À ESCOLHA DA ESCOVA DENTAL PODE MELHORAR A SAÚDE BUCAL DA CRIANÇA

Atualizado: Fev 4


No mercado, há uma infinidade de modelos de escovas de dentes, causando uma grande dúvida na cabeça de muitos pais.

Mas a verdade é que para cada caso, há uma indicação! Tudo vai depender da idade da criança, do momento em que o desenvolvimento da arcada se encontra e até mesmo das habilidades da criança e possíveis limitações.

Como exemplo, vamos falar dos molares. São dentes que costumam demorar para nascer, por isso, permanecem um bom tempo em um nível abaixo dos demais. Nesse caso, as escovas com cerdas multiníveis são muito eficazes, aliadas à escovação anteroposterior, a que a criança faz de forma instintiva, com movimentos de vai e vem.

Elas se mostram mais eficazes na remoção do biofilme (ou placa bacteriana, que é um tipo de película que se forma no dente, pelo acúmulo de resíduos de alimentos e bactérias da boca). Em outros casos, e dependendo da idade do paciente, a escova unitufo apresenta ótimos resultados, principalmente em dentes em erupção e mais ao fundo da boca.

De qualquer forma, uma orientação é certa: crianças devem usar escovas de cabeça pequena e cerdas macias! As demais características devem ser orientadas pelo profissional!

ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL

Sempre converse com o Odontopediatra para sanar dúvidas em relação aos produtos de higiene bucal oferecidos pelo mercado, muitas vezes uma simples escolha pode influenciar positiva ou negativamente na saúde bucal da criança. O profissional poderá orientar quanto ao uso e escolha da escova, da pasta, do fio dental, enxaguantes, limpadores de língua, protetores bucais e demais produtos relacionados.

#escova #tecnicaescovacao #escovacao #tecnica #pastadedente

35 visualizações0 comentário