top of page
Buscar
  • Foto do escritorEquipe Dra. Eliane Garcia

O Impacto da Chupeta e do Polegar na Saúde Bucal: O Que Todo Pai e Mãe Precisa Saber




Desde os primeiros dias de vida, os bebês têm uma forte necessidade de sucção, um reflexo natural em função da amamentação. No entanto, suprir essa necessidade com outros hábitos, além da amamentação, com o intuito de acalmar os bebês, pode ter um impacto significativo na saúde bucal a longo prazo.


Durante a amamentação, pode acontecer da fome do bebê ser satisfeita, mas componente não nutritivo do ato da sucção, que causa bem-estar e segurança ao bebê, ainda não o foi. Neste momento, ele pode descobrir por si só que é possível sugar seu próprio dedo, por exemplo, ou simplesmente irá chorar e ficar inquieto, que é quando normalmente acontece a oferta da chupeta.


O hábito do dedo e da chupeta podem causar, entre outros problemas, alterações no crescimento e desenvolvimento dos ossos da face, problemas na fala, entre outros.

e consequentemente de más -oclusões e desvios no padrão respiratório.

 

Chupeta: amiga ou Inimiga?


As chupetas são comumente usadas pelos pais como uma ferramenta para acalmar seus bebês, especialmente durante momentos de choro ou desconforto. No entanto, o uso da chupeta pode levar a uma série de problemas de saúde bucal.


A sucção da chupeta pode afetar o desenvolvimento da mandíbula e alterar a posição dos dentes, levando a problemas como mordida aberta, mordida cruzada, mordida profunda e má oclusão, entre outros.


Além disso, o uso excessivo da chupeta também pode aumentar o risco de infecções de ouvido, uma vez que a sucção prolongada pode interferir na drenagem adequada dos fluidos no ouvido médio.

 

O Polegar: um hábito difícil de quebrar


Assim como a chupeta, o hábito de chupar o polegar é comum entre bebês e crianças pequenas. Embora seja uma forma natural de autoconforto, o hábito de chupar o polegar também pode causar problemas bucais sérios se persistir além da primeira infância.

O chupar do polegar pode afetar o crescimento e o desenvolvimento da maxila e mandíbula e consequentemente o posicionamento dos dentes da mesma forma que a chupeta.

Além disso, diferentemente da chupeta, o dedo está disponível a todo momento para a criança, sendo um hábito ainda mais difícil de ser controlado.

 

O que os pais podem fazer?


Limite o uso da chupeta: reserve o uso da chupeta apenas para momentos de sono ou desconforto extremo. Evite deixar a chupeta com seu filho durante todo o dia.

Estimule hábitos alternativos: procure outras formas de confortar seu filho, como oferecer um brinquedo macio, como mordedores.


Converse com um profissional: se você estiver preocupado com os hábitos de sucção de seu filho, converse com um odontopediatra. Eles podem oferecer orientações personalizadas e recomendações para ajudar seu filho a superar esses hábitos.


Em resumo, embora a chupeta e o polegar possam ser ferramentas úteis para acalmar os bebês, seu uso pode ter consequências negativas para a saúde bucal. É importante que os pais estejam cientes desses impactos e tomem medidas para ajudar seus filhos a desenvolverem hábitos saudáveis de sucção desde cedo.


45 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page